2021 | Sesc Digital

01 a 10 de outubro 2021
Sesc Digital

ONLINE

0
dias
0
sessões
0
longas
0
curtas
0
países
0 mil
público aproximado

O Sesc São Paulo promoveu, de 1º a 10 de outubro de 2021, a Mostra de Cinemas Africanos (MCA), que exibiu 30 títulos de ficção e documentário de 16 países, a maioria inéditos no Brasil. O ciclo online e gratuito apresenta 12 sessões (dez longas e dois programas de curtas), legendados em português, além de curso e catálogo digital. Entre os destaques da programação estão exemplos recentes do cinema de gênero da África do Sul, Nigéria e Uganda, e curtas dirigidos por mulheres, com uma mostra competitiva simultânea com o Benin e uma seleção de produções árabes do norte da África. As exibições acontecem na plataforma Sesc Digital e contam com o apoio da Embaixada da França no Brasil e do Institut Français. 

Dos dez longas da mostra, oito são inéditos no Brasil. O principal foco curatorial deste ano é o cinema de gênero. O filme de abertura é “Juju Stories” (2021), do coletivo nigeriano Surreal16, com três histórias de bruxaria dirigidas por C.J. Obasi, Abba Makama e Michael Omonua. “Em geral se vincula a ideia de cinema africano a filmes de arte ou político e sempre queremos quebrar esses estereótipos”, explica Ana Camila Esteves, que divide a curadoria com Beatriz Leal Riesco.

Sessão de curtas: Cinema Árabe Africano Feminino

A primeira sessão de curtas, intitulada “Cinema Árabe Africano Feminino”, surgiu do nosso encontro com Analu Bambirra, curadora e diretora da Mostra de Cinema Árabe Feminino, que em 2019 e 2021 exibiu dezenas de filmes feitos por mulheres do mundo árabe. A convite da Agência de Notícias Brasil Árabe (ANBA), da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, Analu e Ana Camila gravaram um podcast, mediado pela jornalista Bruna Garcia, em que discutiram a produção contemporânea de filmes da região árabe, com foco na experiência de realizadoras mulheres e nos países africanos do norte. Essa experiência resultou na sessão “Cinema Árabe Africano Feminino”, que apresenta sete filmes africanos feitos por mulheres no mundo árabe, ampliando a percepção da África do Norte como parte do continente, além de revelar estéticas, temas e universos estilísticos propostos por essas jovens realizadoras. A seleção de filmes abarca Marrocos, Egito, Tunísia, Argélia e Sudão.

Sessão de curtas: Festival International des Films de Femmes (FIFF)

A segunda sessão de curtas é uma experiência muito nova para nós. Acolhemos em nossa programação a sessão competitiva de curtas-metragens dirigidos por mulheres africanas promovida pelo Festival International des Films de Femmes (FIFF) de Cotonou (Benin), dirigido pela beninense Cornélia Glele. São 13 filmes selecionados pela equipe do FIFF, de países diversos, como Madagascar, Ruanda, República Centro-Africana, Senegal, Tunísia, Mauritânia, Camarões, Benin e Mali, apreciados aqui no Brasil por um júri de três mulheres parceiras da Mostra, cujo envolvimento com os cinemas africanos é notável: Morgana Gama (Bahia), Mariana Angelito (Rio de Janeiro) e bethânia maia (Distrito Federal).

Programação paralela

Curso "Entre comédias e musicais: gêneros cinematográficos nos cinemas africanos"

O curso Entre Comédias e Musicais: Gêneros Cinematográficos nos Cinemas Africanos, ministrado pela pesquisadora Jusciele Oliveira, se propôs a  apresentar um panorama contextualizado historicamente e teoricamente dos cinemas africanos, com foco na questão dos gêneros cinematográficos, a partir da análise de comédias e musicais africanos, ressaltando as marcas de gênero presentes nesses filmes. Voltado para apreciadores, estudantes e pesquisadores de cinema, as aulas expositivas aconteceram de forma online e gratuita, acompanhadas da exibição de trechos de filmes pertinentes às discussões de gêneros cinematográficos apresentados. O curso aconteceu nos dias 4, 5 e 7 de outubro, das 19h às 21h.

Jusciele Oliveira possui graduação em Letras Vernáculas, Especialização em Metodologia do Ensino de História e Cultura Afro-Brasileiras e Docência do Ensino Superior (2010). É Mestre em Literatura e Cultura pela UFBA (2013) e Doutora em Comunicação, Cultura e Artes pelo Centro de Investigação em Artes e Comunicação da Universidade do Algarve, em Portugal (2018). Coeditou o e-book Cinemas Africanos Contemporâneos – abordagens críticas (Sesc São Paulo) com Ana Camila Esteves em 2020. 

Catálogo

Organizado pelas curadoras Ana Camila Esteves e Beatriz Leal Riesco, o catálogo oferece fichas de todos os 30 filmes exibidos, com sinopses inéditas escritas por Ricardo Jiménez Fernández (Colômbia/Canadá – Universidade de Regina), além de críticas dos longas-metragens escritas pelo crítico nigeriano Dika Ofoma.

O catálogo apresenta ainda a tradução para o português de três artigos científicos sobre diferentes temas dos cinemas da África escritos por três das maiores especialistas deste campo no mundo: Lindiwe Dovey (Inglaterra), Daniela Ricci (Itália/França) e Melissa Thackway (França). Esta seção conta ainda com um ensaio inédito assinado por Sheila Petty, que completa o time de especialistas que integram o catálogo.

Os leitores encontrarão ainda os textos curatoriais de Ana Camila e Beatriz (longas) e de Ana Camila e Analu Bambirra (sessão de curtas Cinema Árabe Africano Feminino), além de depoimentos de Cornélia Glele, diretora do Festival International des Films de Femmes (FIFF Cotonou), e das três juradas que escolheram o melhor filme desta seção de curtas: Morgana Gama, Mariana Angelito e bethania maia.

Design e diagramação da Jéssica Patrícia Soares.

Em destaque na capa, still de “Juju Stories”.

Ficha técnica

SESC – SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO
Administração Regional no Estado de São Paulo

PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL
Abram Szajman

DIRETOR DO DEPARTAMENTO REGIONAL
Danilo Santos de Miranda

SUPERINTENDENTES
Técnico-Social Joel Naimayer Padula Comunicação Social Ivan Giannini Administração Luiz Deoclécio
Massaro Galina Assessoria Técnica e de Planejamento Sérgio José Battistelli

GERENTES
Ação Cultural Rosana Paulo da Cunha Estudos e Desenvolvimento Marta Raquel Colabone Estudos e
Programas Sociais Cristina Riscalla Madi Artes Gráficas Hélcio Magalhães Difusão e Promoção Marcos
Ribeiro Carvalho Assessoria de Relações Internacionais Aurea Leszczynski Vieira Goncalves CineSesc
Gilson Packer Sesc Digital Fernando Amodeo Tuacek

EQUIPE SESC
Bruno Corrente, Cecília de Nichile, Cesar Albornoz, Cristiane Ferrari, Fabiano Maranhão, Fernando Hugo
Fialho, Gabriella Rocha, Graziela Marcheti, Heloisa Pisani, Humberto Mota, João Cotrim, João Paulo Leite
Guadanucci, José Gonçalves Junior, Karina Camargo Leal Musumeci, Kelly Adriano de Oliveira, Ricardo
Tacioli, Rodrigo Gerace, Rogério Ianelli, Simone Yunes

EQUIPE MOSTRA DE CINEMAS AFRICANOS
Direção e Coordenação Geral Ana Camila Esteves
Curadoria Longas Ana Camila Esteves e Beatriz Leal Riesco
Curadoria Curtas – Sessão Cinema Árabe Africano Feminino Ana Camila e Analu Bambirra
Sessão Competitiva FIFF – Direção Cornélia Glele
Sessão Competitiva FIFF – Júri Mariana Angelito, bethania maia e Morgana Gama
Coordenação de Produção Ricelli Piva
Coordenação de Comunicação Gisele Santana
Assessoria de Imprensa Isidoro Guggiana
Identidade visual e Diagramação Jéssica Patrícia Soares
VT Laiz Mesquita
Vídeos Redes Sociais Adrielly Novaes
Produção Editorial Ana Camila Esteves e Jusciele Oliveira
Produção de Cópias Daniel Petry
Revisão de Legendas Dieison Marconi
Tradução de Legendas e Artigos Casarini Produções
Revisão Catálogo Marcelo Nardeli
Curso Entre Comédias e Musicais Jusciele Oliveira
Cobertura Crítica Dika Ofoma (Nigéria)
Sinopses Exclusivas Ricardo Jimenez (Colômbia/Canadá)
Apoio Cinemateca da Embaixada da França no Brasil e Institut Français
Festivais Parceiros Mostra Cinema Árabe Feminino (Brasil), Festival International des Films de Femmes de Cotonou (Benin), Africa in Motion Film Festival (Escócia)