novembro 25, 2019

“Rafiki” é exibido em Brasília com apoio da Mostra de Cinemas Africanos

by Ana Camila in destaque

“Rafiki” é exibido em Brasília com apoio da Mostra de Cinemas Africanos

Idealizada e organizada pela disciplina Etimologia Visual da Imagem do Negro no Cinema e pela professora de cinema da Universidade de Brasília (UNB) Edileuza Penha, a Mostra Adélia Sampaio promete o debate e a reflexão sobre o lugar da mulher negra no cinema.

O filme “Rafiki”, da queniana Wanuri Kahiu, foi o escolhido pela curadoria para a sessão de abertura. No dia 2 de dezembro de 2019, às 19h, no Instituto de Ciências Sociais da UnB, este filme ovacionado em Cannes em 2018 será exibido na III Mostra Competitiva de Cinema Negro Adélia Sampaio com o apoio da Mostra de Cinemas Africanos.

O longa metragem queniano, de Wanuri Kahiu, desafiou as leis do país ao abordar um romance lésbico traz um olhar sutil e delicado para questões sociais e de direitos humanos. Exibido no Festival de Cannes, como primeiro representante de seu país, Rafiki aborda o amor entre duas mulheres, Kena (Samantha Mugatsia) e Ziki (Sheila Munyiva), grandes amigas que possuem famílias rivais políticas. A relação de amizade transforma-se em um romance que passa a afetar a rotina da comunidade conservadora em que vivem. As jovens terão que escolher entre experienciar o amor que partilham, ou se distanciar em função de uma vida segura.